domingo, 1 de dezembro de 2013

Moda subjetiva – A diversidade feminina em foco


A subjetividade na moda é um mundo infinito e único que compõe o pensamento das mulheres, com suas percepções extremamente individuais e seletivas. As experiências de vida, culturas, cargas de pensamentos e vivências pessoais ou sociais, juntam-se para compor identidades. Ninguém é igual ao outro e é isso que torna o ser humano interessante.

No universo da moda feminina então, essas diferenças são bem mais evidentes. Assim, cada mulher tem um jeito de ser, perceber, sentir e agir diante de diversos contextos que a vida lhes propõe. E isso também fica bem claro diante da moda.

Atualmente a diversidade de estilos e tendências, que eu chamo de moda democrática, permite que cada mulher possa aproveitar o melhor das passarelas de acordo com sua silhueta, idade e ocasião. Tudo é uma questão de bom gosto e de conhecimento do seu próprio corpo ao pensar com cautela naquilo que a valoriza nos pontos fortes ou naquilo que deve passar longe do guarda-roupa por ser incoerente com seu estilo ou tipo de corpo.

O estilo desejado, cores, modelagens, texturas, acessórios... Tudo é uma questão pessoal, subjetiva entre quem você é e quem você quer mostrar ser. Afinal, moda é também comunicação visual, se quer ser um retrato de seu "Eu" ou se quer usar a moda para causar certo disfarce de sua verdadeira personalidade, estado de espírito ou posição social, por exemplo, ela também te dá esse incrível poder!

Com os recursos da moda a mulher pode representar-se esportiva ou natural, elegante, tradicional, romântica, sexy, fashionista ou criativa, e em outra perspectiva uma mesma mulher pode ser sexy num jantar e tradicional no trabalho, natural no supermercado... Tudo vai depender, antes, do estilo pessoal e depois da variação de ocasiões.

Durante o meu trabalho me deparo com uma diversidade grande de estilos, histórias e objetivos inusitados, lidar com gente é sempre muito interessante! Tem mulheres que ainda nem sabem, nunca pararam para discutir qual seu próprio estilo, tem outras bem definidas e decididas sobre o que querem e outras cujo estilo depende totalmente do estado emocional. Umas se vestem para impressionar, causar inveja e outra para reconquistar alguém ou a si mesma. Já me deparei com mulheres depressivas que me pedem ajuda para se aceitarem diante do espelho com uma renovação de estilo e outras extremamente decididas e com autoestima implacável. Todas se definem através da moda.

Nas ilustrações, montei uma diversidade de mulheres atuais, confira com a qual você se identifica mais e invista em seu próprio estilo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim, não esqueça de assinar! Responderei em breve :)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...